24 setembro 2011

Morten Harket fala sobre visita à Jamaica


Os óculos de sol do Morten Harket fizeram sucesso entre as garotas de Kingston, Jamaica. (Foto do Vg/UNICEF)


Morten é o entrevistado de hoje da VG, pela conexão com um programa humorístico na TV Norge, em prol da UNICEF. O programa vai contar também com o relato sobre a visita de Morten à Kingston, na Jamaica, ocorrida neste verão.

“Visitamos uma comunidade muito violenta e de condições sociais sofríveis, uma área muito típica da Jamaica. Algumas das pessoas que encontramos, por volta de seus 20 anos, estavam claramente envolvidas com as drogas e, mais ainda, com o crime. Essa foi a maneira que eles encontraram para ter o controle de suas vidas”, disse Morten ao jornal.  

Dentre esse grupo, ele encontrou uma garota de 14 anos que estava ansiosa para se casar.

“É normal que todas as garotas dessa idade pensem sobre namorados, mas quando elas engravidam com tão pouca idade, isso faz com que elas se atrasem em relação ao seu futuro.”

- Você se sente privilegiado por seus filhos terem crescido na Noruega?, pergunta a VG.

“Sim, claro que somos privilegiados – temos um alto nível de cuidado e segurança, e isso é praticamente incompreensível para outras pessoas.”

- Com relação a isso, o ataque à Utøya nesse verão foi uma grande exceção?

 “Definitivamente.”

Na Jamaica, Morten aparentemente recebeu muita atenção. Não pelo fato de ser famoso, mas por ele ser branco e usar óculos de sol caros.

“As crianças que encontramos não faziam ideia de quem eu era. A Jamaica é muito isolada em relação a isso, pois eles apenas escutam música local. Eles não sabem quem é U2, Coldplay, REM e Madonna. E, com certeza, não sabem quem é o a-ha! Mas isso também faz com que seja um local interessante para se visitar”, diz Morten.

O programa humorístico “Humorkveld”, a ser exibido em prol da UNICEF, irá ao ar na TV Norge amanhã à noite. A primeira parte será exibida entre 19 e 20h e a segunda parte, entre 21h30 e 23h. 


Tradução: Gabi Caroccia

Créditos: a-ha-live.com