21 abril 2015

A-ha anuncia show na Holanda


Por meio de seu Twitter, a banda anunciou mais um show como parte da "Cast in Steel Tour", que será realizada no próximo ano. A banda irá tocar na arena "Heineken Music Hall", em Amsterdã, no dia 31 de março do próximo ano.

09 abril 2015

Ingressos para o Rock in Rio estão esgotados



Conforme anunciado pelo Rock in Rio, em seu Facebook, os ingressos que estavam disponíveis para o show do A-ha e Katy Perry no Rock in Rio já estão esgotados. O dia do A-ha foi o primeiro dia a ter os ingressos esgotados. A apresentação será no encerramento do festival, no dia 27/09/2015.

04 abril 2015

A-ha anuncia volta, novo álbum e turnê mundial



A-ha durante conferência de imprensa realizada em Berlim, na Alemanha.
Após o anuncio de que a banda estaria se preparando para tocar no 30º aniversário do festival Rock in Rio, a banda surpreende e anuncia o lançamento de um novo álbum de estúdio – Cast in Steel -, no outono deste ano (hemisfério norte), com datas já marcadas de uma turnê internacional que se seguirá pelo próximo ano.
O novo álbum, ‘Cast In Steel’, será o décimo da banda em estúdio, e a primeira música do grupo desde o sucesso comercial e de crítica de 2009 ‘Foot of the Mountain’. ‘Cast In Steel’ será lançado no dia 4 de Setembro de 2015, três semanas antes da volta da banda ao Rock in Rio no Brasil, e trinta anos após o single de estreia, ‘Take on Me’, que se tornou número 1 no mundo.
O Álbum
Quando o a-ha tocou no Oslo Spektrum em dezembro de 2010 para encerrar a turnê de despedida ‘Ending on A High Note’, parecia uma parada definitiva nas atividades da banda. Como diz Morten Harket, ‘foi uma verdadeira e genuína desbandagem. Não tem havido nada do a-ha no sentido do mundo durante aquele tempo.’ Para Morten, Paul Waaktaar e Magne Furuholmen, a quebra de cinco anos os permitiu explorar uma rica costura de vários projetos criativos, tanto musicais quanto artísticos.
O retorno de maneira simples, orgânica, como explica Paul: ‘começou bem fácil e tranquilo com Morten aparecendo no meu estúdio em várias ocasiões, e eu mostrava a ele canções em que trabalhava. Ele cantava as músicas com que se conectava e largava as em que não se ligava e foi assim até fazermos 10 ou 12 músicas. ’
A ausência de pressão e prazos foi com certeza um bônus, e relembrou Paul de quando a banda começou: ‘A beleza disso foi que pudemos fazer tudo fora dos radares; não havia acordos em jogo, nenhum contrato, turnês planejadas ou prazos iminentes… apenas a sombra do nosso esforço. Foi igual a quando começamos na casa dos meus pais lá nos anos 80. Alguns instrumentos, uma canção, uma voz. ’
Este aceno aos primeiros anos da banda não foi a única coisa durante o processo de gravação. Paul também entrou em contato com Alan Tarney, o produtor que trabalhou nos primeiros três álbuns do a-ha, ‘Hunting High and Low’, ‘Scoundrel Days’ e ‘Stay on These Roads’: ‘Fiz contato com Alan para colocar sua mão num ponto em que sentia que uma opinião de fora seria valiosa. Sempre tive muito respeito pela sua musicalidade e know-how e achei que seria legal envolvê-lo agora que estamos começando de novo. ’
Para Magne, os últimos cinco anos foram de foco na sua paixão pelas artes visuais e uma miríade de projetos musicais. Mas ainda assim, a banda nunca esteve longe de seus pensamentos: ‘Compor e gravar para o a-ha é obviamente uma grande parcela do meu DNA criativo, e de vez em quando uma música surgia e eu a achava que seria perfeita para o a-ha. Uma vez que me decidira a fazer isso, fiquei surpreso em ver o quanto gostava de trabalhá-la com a mente no a-ha.’
Este sentimento de curtição e crença no novo material é transparente nos três membros: ‘A preparação tem sido uma experiência muito relevante, ’ diz Paul; ‘É realmente um prazer inesperado escrever canções para a voz do Morten de novo, ’ diz Magne. ‘Eu sabia que me sentar com Paul e Magne, ’ diz Morten, ‘que isso seria um esforço real. Nunca fomos do tipo de olhar para trás para nos certificar, porque fazemos isso por sabermos que podemos criar algo novo. As músicas têm que ser boas: o marco de referência é sempre o mesmo. ’
Como demonstrou ‘Foot of the Mountain’, o a-ha é uma fera diferente da vasta maioria de seus contemporâneos – ainda no auge de suas forças de composição, ao invés de viver nas glórias passadas. Cast in Steel retoma o ponto onde seu último álbum de estúdio parou – este é o som da banda relaxada e revigorada, em paz consigo mesmos e prontos para tomar o mundo mais uma vez.
A Turnê
Assim como o novo álbum, o a-ha está também radiante em anunciar as datas da turnê em 2016.
Haverá inicialmente quinze datas na Alemanha, Áustria e Suíça em Abril de 2016, com mais datas internacionais em seguida. As datas já confirmadas até agora são:
3 de Abril – Stuttgart Schleyerhalle
4 de Abril – Zurich Hallenstadium
6 de Abril – Munich Olympiahalle
7 de Abril – Leipzig Arena
9 de Abril – Nürnberg Arena Nürnberger Versicherung
10 de Abril – Vienna Stadthalle
13 de Abril – Berlin O2
14 de Abril – Hamburg O2 World
16 de Abril – Bremen ÖVB Arena
17 de Abril – Hannover TUI Arena
19 de Abril – Halle Gerry-Weber-Stadium
20 de Abril – Oberhausen König-Pilsener-Arena
23 de Abril – Mannheim SAP Arena
24 de Abril – Frankfurt Festhalle
26 de Abril – Cologne Lanxess Arena
‘Estou louco para iniciar a turnê, ’ diz Morten. ‘Acho que será ótimo’. Faremos com que as condições estejam lá para nós, mas será uma experiência a-ha completa.’ Sobre o que a banda irá tocar, Morten diz, ‘não precisamos da mesma correria da última vez. Quando as pessoas vierem para escutar a banda, elas vão esperar as mesmas músicas marcantes, é claro, mas desta vez será uma escolha diferente. ’
Para Magne, ‘tanto o planejamento quanto a execução de um bom show ou uma turnê de grandes dimensões é um desafio animador, mas ultimamente, sem uma boa reação da plateia, seria algo sem sentido. A mágica está no espaço em algum lugar entre eles e nós. ’
Rock In Rio
A primeira data ao vivo, entretanto, será no outro lado do mundo, como parte do 30º aniversário do show do Rock In Rio no dia 27 de Setembro. Para o a-ha, o festival sempre terá um lugar especial na história da banda: em 1991, a banda tocou para uma multidão com recorde mundial de 198.000 fãs no lendário estádio Maracanã.
Morten se lembra claramente da entrada no palco: ‘Foi uma visão inspiradora, aquela quente, úmida noite do Rio, de pé no palco observando aquela plateia de quase 200.000 pessoas fortes, bonitas, e apaixonadas. Tudo que sabia sobre o Brasil e a América do Sul foi capturado  naquele estádio: o sentido de igualdade e de reunião que sempre vivenciei. Me senti humilde.’
Para Paul, também, a platéia foi algo especial: ‘Naquela época álbuns mais introspectivos como East of the Sun e Memorial Beach. A explosão de energia e a pura quantidade de pessoas reunidas para escutar nossas canções foi um contraste. ’
A possibilidade de o a-ha tocar no Rio de novo em 2015, portanto, foi uma oferta que a banda não pôde recusar. ‘Era simplesmente impossível declinar a esse pedido de comemorar os 30 anos de história do festival, ’ explica o Magne, ‘especialmente por coincidir com os 30 anos da própria banda. Isso pareceu como quando se ouve que a onda que surge a cada mil anos está se aproximando da costa; mesmo que seja um surfista aposentado, você pega a prancha empoeirada e se joga no mar.’
O Futuro?
Morten deixa claro que ‘não estamos voltando para ficarmos juntos. Concordamos em ficar juntos por um período: um álbum, uma turnê. É uma ótima oportunidade e nos permite escrever outro capítulo. ’
O que quer que esses talentosos indivíduos façam depois, seja juntos ou separados, o alcance de sua extraordinária carreira de trinta anos é difícil de ignorar: ‘Não importa o quão longe ou rápido tentemos correr, ’ admite Magne, ‘o legado a-ha está sempre lá. Penso que seja um sinal de saúde mental batalhar com seu próprio legado, mas também não é ruim abraçá-lo algumas vezes. ’

Nos próximos doze meses, com shows de aniversário, um novo álbum, material reeditado e datas internacionais de turnê, tanto a banda quanto os fãs terão a oportunidade de abraçar a notável música do a-ha mais uma vez.

03 março 2015

Rock In Rio: A-ha tocará no encerramento do festival


A equipe do Rock In Rio já confirmou algumas datas do Line-up do festival que será realizado nesse ano. O A-ha tocará no mesmo dia da cantora Katy Perry, conforme anunciado anteriormente. A apresentação da banda ocorrerá no dia 27 de setembro, data de encerramento do festival que comemorará os seus 30 anos.  Confira aqui o line-up.

28 janeiro 2015

Rock in Rio: o A-ha vai começar os ensaios em junho


O empresário do a-ha, Harald Wiik, anunciou, hoje pela manhã, ao jornal norueguês VG, que a banda irá começar a ensaiar em junho para se preparar para o show que acontecerá em setembro, no Rock in Rio.

Segundo o comunicado, a data exata para o show no Rock in Rio ainda não está pronta para ser divulgada, mas já está definido que a banda tocará por 75 minutos no festival.

Segundo Wiik, a banda tem recebido muitas ofertas adicionais para tocar ao vivo, mas que não pode prometer nada no momento:


“Nós não temos mais nenhum show planejado, mas nunca se sabe”, disse ele.

Agradecimentos: A-ha-live.

Morten de volta aos estúdios


O compositor e produtor, Peter Kvint, anunciou em seu site que está trabalhando novamente com Morten Harket. Ele disse que está trabalhando em novas músicas com o seu irmão norueguês Morten!

07 dezembro 2014

Anúncio do A-ha no Rock in Rio supera expectativas

Foto/divulgação: Just Loomis

Transcrevo abaixo matéria publicada no Jornal Extra destacando a euforia dos fãs com o anúncio da banda na próxima edição do festival:

O anúncio de que o grupo norueguês A-Ha estaria no Rock in Rio em 2015 fez com que os fãs usassem a internet para comemorar a notícia. Tamanha euforia rendeu quase 30 milhões de conversas no Twitter, Facebook, Google + e Instagram. No site do festival, houve um aumento de 329% no número de visitas em relação à média diária registrada em dias normais.

Em 91, eles se apresentaram na segunda edição do festival, no Maracanã, para cerca de 200 mil pessoas. Foi esse o palco escolhido para anunciar que A-Ha voltaria ao Rock in Rio.

— É uma celebração maravilhosa. Não estamos mais juntos como uma banda desde 2010, mas frequentemente nos reunimos e fazemos eventos especiais como esse, porque é o que amamos fazer. Vamos celebrar, durante os shows, o espírito do que foi e do que a banda é agora. Estaremos nesse show com todo nosso coração — declarou Morten Harket.


Leia mais: EXTRA

A-ha anuncia show no próximo Rock in Rio



A organização do Rock in Rio anunciou, na última quinta-feira (4), no maracanã, a participação do a-ha na edição de 2015 do festival, que acontecerá em setembro. Ao som de Take on Me, a organização surpreendeu dez sortudos fãs com uma grande surpresa. Confira o vídeo aqui. Aqui você pode ver algumas fotos da banda com os fãs. A banda tocará no palco mundo na mesma noite que Katy Perry.

O a-ha volta ao Rock in Rio no ano em que o festival completa 30 anos. A banda também festejará os trinta anos de seu primeiro lançamento, o álbum “Hunting High And Low”, lançado em 1985. A festa será completa! E segundo Morten Harket: o show do ano que vem estará lotado de “A-ha”. O a-ha fez história com o Rock in Rio e o seu show ecoou na imprensa e na memória dos faz desde a apresentação da banda no festival em 1991. Na segunda edição grandes artistas de peso participaram do evento, tais como Prince, Guns N’ Roses, dentre outros. Mas foi o show do a-há que surpreendeu a tudo e a todos, pois a banda lotou o maracanã e atingiu a marca de 198 mil pagantes no show. A apresentação entrou para o “Guinness book” como o maior público pagante em um show.

“Desde 1991, eu já voltei ao Brasil várias vezes, mas revisitar o país para fazer um show no Rock in Rio é uma nova experiência e uma oportunidade de revisitar essa experiência. Todo mundo mudou nesse tempo, mas o sentimento não muda nunca”, disse Morten sobre a sua expectativa.

Morten conta ainda que lembra claramente da sensação de estar no palco do Rock in Rio, em 1991. “Foi uma visão inspiradora. Era uma noite quente e úmida no Rio, eu estava no palco observando aquela plateia linda e apaixonante de quase 200 mil pessoas. Tudo que eu sabia sobre o Brasil e a América do Sul foi resumido naquele estádio: um senso de igualdade e união que nunca esqueci. Foi uma experiência de muita humildade”, lembra.

Morten lembra também que no meio da apresentação a banda começou a tocar um dos hits da época, Hunting High and Low. “Quando comecei a cantar, minha voz foi abafada pelo som da multidão. Lá estavam eles, em perfeito uníssono, entoando cada palavra na letra da canção. Eu parei de cantar e comecei a conduzi-los com o meu microfone, tentando absorver o momento. Eu assisti e ouvi aquela multidão maravilhosa, como eles se comportavam como um só e comemoravam o fato de nos ter no palco. Fiquei profundamente comovido”, disse.

Clique aqui para conferir as novas fotos promocionais feitas no Rio de Janeiro. 

LANÇAMENTOS EM 2015


O site oficial do a-ha também anunciou que em 2015, para comemorar o trigésimo aniversário, a Warner vai lançar uma versão especial (Super Deluxe Edition) do primeiro álbum do a-ha, “Huntin High And Low”. E não para por aí! Edições especiais dos álbuns “Stay on These Roads”, East Of The Sun, West Of The Moon” e “Memorial Beach” também deverão ser lançadas até junho do próximo ano. Também haverá o relançamento em LP dos álbuns “Hunting High And Low” e “Scoundrel Days”. O especial "Live In South America" também será lançado pela primeira vez em DVD. 

Na Imprensa